Blefaroplastia

blefaroplastia

O que é Blefaroplastia

A blefaroplastia, também conhecida como cirurgia de pálpebras, reduz a flacidez tanto das pálpebras inferiores, como remove o excesso de pele das pálpebras superiores.

Normalmente, esta cirurgia é feita por razões estéticas. Mas, também, trata-se de uma forma eficaz de melhorar a visão em pessoas mais velhas, cuja flacidez nas pálpebras superiores atrapalham o campo visual.

Como funciona

A blefaroplastia, normalmente, leva cerca de duas horas quando o procedimento é realizado tanto nas pálpebras superiores, quanto nas inferiores. Para esta operação, o médico provavelmente irá utilizar anestesia local e sedação.
O cirurgião geralmente vai fazer uma incisão seguindo as linhas naturais das pálpebras.

Através deste corte, ele irá separar a pele do tecido subjacente e remover o excesso de gordura, pele e músculo.
Em seguida, o cirurgião fechará esses cortes com alguns pontos. Estes pontos nas pálpebras superiores vão ficar por cinco a sete dias. Com relação as pálpebras inferiores, essas podem ou não necessitar de pontos, dependendo da técnica utilizada.

Indicações

• Pessoas com excesso de pele ou gordura orbital.
• Indivíduos com dermatite crônica devido a pele redundante.

Resultado

Os resultados da cirurgia de pálpebra geralmente têm longa duração. Mas, a aparência final só deverá aparece dentro de algumas semanas, contudo, pode levar até um ano para que as linhas das incisões refinem totalmente.

A satisfação do paciente com a sua nova imagem deve continuar a crescer conforme o processo de recuperação acontece. Depois que o edema e as equimoses diminuem, os resultados da cirurgia de pálpebras irão revelar uma pálpebra lisa e melhor definida e a região ao redor denotará uma aparência rejuvenescida.

Recomendações Pós-Operatórias

O procedimento não é doloroso e a recuperação é geralmente bastante rápida, com a remoção da sutura em torno de cinco dias após a cirurgia. Os pacientes muitas vezes podem retornar ao trabalho em poucos dias. É comum ter edema e, ocasionalmente, equimoses, mas as pálpebras devem voltar ao normal dentro de uma ou duas semanas.

Durante essa fase, o uso de uma pomada oftálmica e compressas de gelo devem ser aplicadas. É possível também que ocorra irritação ou uma sensação de olhos secos, mas esse desconforto pode ser controlado com medicamentos prescritos pelo médico responsável. É imprescindível proteger-se do sol até que a cicatrização esteja concluída, para isso, é recomendável o uso de óculos com lentes escuras e que, preferencialmente, protejam bem a região.

Agende sua Consulta